Carregando...

Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular - Minas Gerais

Histórico

A regional de Minas Gerais foi instalada em 11/04/1953, com a presença do Prof. Mário Degni, representando a diretoria nacional da entidade e Belo Horizonte foi escolhida para o I Congresso Brasileiro de Angiologia, realizado em julho de 1953 sendo o Dr. Walter Monteiro Boechat o primeiro presidente da entidade.

Minas Gerais se orgulha de estar inserida na própria história da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV).
Belo Horizonte foi o cenário escolhido para o I Congresso Brasileiro de Angiologia, em julho de 1953 e três meses antes – 11/04/1953 – aqui se instalou a primeira Regional da Sociedade, com a presença do Prof. Mário Degni, representando a diretoria nacional da entidade.
A sessão solene de fundação, realizada no salão de conferências da Associação Médica de Minas Gerais, foi presidida pelo Prof. Caio Libano de Noronha Soares, Presidente da federada mineira.

Coube ao Prof. Mario Degni entregar ao Dr.Walter Monteiro Boechat o título 1º. Sócio efetivo da SBACV-MG, delegando-lhe a função de coordenador da Regional mineira. A seguir, procedeu-se à eleição da diretoria da Regional, sendo eleitos:
Presidente – Walter Monteiro Boechat – 25 votos
Secretário – Rivadavia Herbster de Gusmão – 29 votos
Tesoureiro – Wellerson Lourenço de Lima – 33 votos

Considerada válida a eleição, o Prof. Mário Degni empossou a diretoria recém eleita. Assinaram a ata de fundação os seguintes colegas: Rivadavia Herbster de Gusmão, Liberato João Affonso Di Dio, Braz Filizzola Filho, Luiz Andrés Ribeiro, Mahrdas Salvador Nankran, Bayard Gontijo, Blair Ferreira, Wellerson Lourenço de Lima, Wilson Rocha Lima, Afonso Almeida Magalhães, Vicente Soares, Sylvio Gonçalves Coutinho, Antônio Avelino Pinheiro, Petronio Monteiro Boechat, Adilio Jorge, Milton Freitas, Fábio Fonseca e Silva, José Bolivar Drummond, Octaviano Lapertosa Brina, Octávio Guimarães, Rubens Guimarães, Edmundo de Paula Pinto, Armando Greco, Gladystone Pereira, Dario Tavares, Cylio Oliveira, Arlindo Polizzi, Sálvio Nunes, Sylvio Miráglia, Luiz Adelmo Lodi, Romeu Pereira de Rezende, Eustáchio Peixoto Filho, Haroldo S. Pereira, Carlos Alberto Manso Ribeiro, Paulo Adelmo Lodi, Alysson de Abreu, José Henrique da Matta Machado, Javert Barros, Odilon Vasconcelos, Rivadavia V. M. de Gusmão e Walter Monteiro Boechat.

Em 1961, Belo Horizonte sediou o VIII Congresso Brasileiro de Angiologia, de especial significado para a história da nossa sociedade. Pela primeira vez realizou-se o congresso isoladamente, dissociado do Congresso Brasileiro de Cardiologia, como vinha ocorrendo. O XV Congresso Brasileiro de Angiologia teve a capital mineira novamente como sede, realizado no período de 27 de setembro a 1 de outubro de 1968 na Faculdade de Medicina da UFMG.

No ano de 1977, no jubileu de prata da SBACV, foi realizado o XXII Congresso Brasileiro de Angiologia e o II Curso Internacional de Angiologia, na sede da AMMG, nos dias 5 a 10 de setembro.

A capital mineira foi novamente escolhida como sede, entre os dias 7 a 9 de julho de 1983, quando o XXV Congresso Brasileiro de Angiologia foi transferido de São Paulo para Minas Gerais.

Em 11.10.91, após eleição da nova diretoria, foi decidido a realização o I Encontro Mineiro de Angiologia e Cirurgia Vascular que se realizou juntamente com a IX Jornada do Colégio Brasileiro de Cirurgiões nos dias 19 a 21 de novembro de 1992, na AMMG.

O II Encontro Mineiro foi realizado em 1993 na cidade de Barbacena. Em abril de 1995, foi realizado o I Simpósio de Flebologia da SBACV, em conjunto com o III Encontro Mineiro de Angiologia e Cirurgia Vascular em Belo Horizonte. O IV Encontro foi realizado na cidade Sete Lagoas, o V Encontro Mineiro foi realizado em Varginha, o VI na cidade de Uberaba e o nosso VII Encontro Mineiro foi realizado em Montes Claros.